Sesi na Pista: Pelotão da indústria leva mais de mil atletas para a 37ª Corrida de Reis

20/06/2022 - 09h59
xx
Fernando Silva, 43 anos, consagrou-se bicampeonato
na prova pelo pelotão da indústria Sesi na Pista
 

O pelotão especial da indústria, do programa Sesi na Pista, coloriu de azul o percurso de 10 km da 37ª Corrida de Reis, realizada neste domingo (19) pelas ruas de Cuiabá. Ao todo, cerca de mil atletas fizeram parte das caravanas de vários municípios do estado, como Sorriso, Sinop, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Barra do Bugres e Rondonópolis, além da capital e de Várzea Grande.

Os três melhores resultados nas categorias masculino e feminino receberam prêmios em dinheiro, no valor de R$ 2 mil, R$ 1 mil e R$ 800, além de troféus e medalhas oferecidos pelo Serviço Social da Indústria (Sesi MT) – correalizador da Corrida de Reis, em parceria com a Rede Matogrossense de Comunicação (RMC).

Corrida de Reis 2022 é marcada por organização vitoriosa

Fernando Silva, 43 anos, da indústria Milan Móveis, consagrou-se bicampeão na prova pelo pelotão da indústria, repetindo o feito de 2019, com o tempo de 00:38:24. Ele, um grande entusiasta do esporte, afirma que, assim como a maioria, durante a pandemia do novo coronavírus se viu obrigado a interromper os treinos. Perdeu parentes e amigos para a doença, mas retornou com todo gás para tentar melhorar seu tempo. “Estou feliz e animado. Vou treinar para a Corrida da Indústria e repetir o resultado de 2019, quando conquistei o primeiro lugar da prova, nos 10 km”.

O segundo lugar ficou com Valdemar Ferreira Vasco, 40 anos, atleta trabalhador da empresa Coder, de Rondonópolis, com 00:38:58. Já o terceiro colocado foi Vanderley de Almeida, 55 anos, da indústria Barralcool, de Barra do Bugres, com o tempo de 00:43:23.

xx
Vanderley de Almeida, 55 anos, ​​​​​da Barralcool, de Barra
do Bugres conquistou o terceiro lugar pelo Sesi na Pista

Muita garra e determinação

O pelotão feminino levou toda a garra e a determinação para as ruas da capital.  Karine Rodrigues, 31, correu lesionada e, mesmo assim, cruzou a linha de chegada com o melhor tempo entre as atletas do Sesi na Pista, com a marca de 00:52:54.

37ª Corrida de Reis | Prova volta com sabor especial de superação e renovação

Ela que atua na indústria Solar Coca Cola, em Várzea Grande, começou a correr em 2017 e sua primeira participação na Corrida de Reis foi dois anos depois, em 2019, alcançando o 26º lugar na categoria geral feminina e primeiro lugar em sua faixa etária. “Em abril, do mesmo ano, eu machuquei meu joelho e precisei interromper os treinos e as corridas. Hoje, corri com dor e vi muitas mulheres na minha frente e pensei: meu objetivo é terminar essa corrida. Vim confiante, mas não esperava esse resultado. Estou muito feliz”, destaca a atleta, completando que vai participar da Corrida da Indústria, no percurso de 5 km.

A segunda colocada foi a trabalhadora da empresa ADM, de Rondonópolis, Paula de Mello, 32 anos, com o tempo de 00:54:33. O terceiro lugar foi conquistado por Sandra Dias, 38, colaboradora da empresa Caramuru, de Sorriso, com o tempo de 00:56:23.

Categoria PCD na Corrida de Reis

xx
Daniel Silva foi o primeiro atleta cadeirante na categoria
Pessoa com Deficiência (PCD) a cruzar a linha de chegada

O jovem Daniel Silva, que atua no Sesi Cuiabá e que passou, recentemente, a ser patrocinado pelo Sesi MT, foi o primeiro atleta cadeirante na categoria Pessoa com Deficiência (PCD) a cruzar a linha de chegada e levou pra casa o prêmio de R$ 1 mil, troféu e medalha oficial da 37ª Corrida de Reis.

“Estou muito feliz e a sensação de dever cumprido. Está é uma prova bem difícil, eu estava sentindo pressão para alcançar o bicampeonato, e graças a Deus consegui. Agradeço a todos que me apoiaram e pela torcida. Agora, é me preparar para a Corrida da Indústria, que será em julho, e depois para corrida São Silvestre, no final do ano e sempre representando o Sesi MT”, pontuou.

O presidente do Sistema da Federação das Indústrias, Gustavo de Oliveira, destacou que a Corrida de Reis é um evento que favorece a promoção da saúde e, neste ano, marca a retomada dos grandes eventos do calendário esportivo do estado. “A pandemia nos deixou muitas lições, a primeira delas é que precisamos cuidar da mente e do corpo e das amizades. Nada mais legal, do que participar da prova, correr com os amigos, correr com times e grupos como o Sesi na Pista. Mais do que vencer, este é um momento de compartilhar e confraternizar em um evento de qualidade, com muita organização e excelente estrutura”, pontuou.

Confira galeria de fotos aqui

Texto e fotos: Viviane Saggin / Sistema Fiemt

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555