Comitiva da Fiepe visita indústrias mato-grossenses em busca de modelos sustentáveis

25/08/2022 - 16h46
VISITA FAEPE
Comitiva é formada por representantes da Faepe
Foto: Eduardo Cardoso | Fiemt

As práticas sustentáveis já adotadas por algumas indústrias mato-grossenses são modelos de inspiração para representantes da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) que visitaram Cuiabá e Várzea Grande em uma missão técnica. A comitiva formada por empresários, presidentes de sindicatos industriais e diretores, todos integrantes do Conselho Temático de Meio Ambiente (Contema) da federação, conheceram as boas iniciativas e cases que deram certo em Mato Grosso.

O grupo esteve durante três dias conhecendo algumas empresas. A primeira visita foi na Plástibras, empresa que se destaca no processo de reciclagem das embalagens de defensivos agrícolas para fabricação de dutos corrugados. Essa prática de logística reversa, inclusive, é conhecida internacionalmente e foi o case apresentado pela Fiemt na Conferência do Clima (COP-26), em Glasgow, na Escócia.

Os empresários pernambucanos também estiveram na empresa Canaã Recicláveis e conheceram na prática como funciona a logística reversa. A comitiva também esteve na indústria de refrigerantes Marajá, que também pratica a logística reversa e aderiu a pacto global dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil (ODS). O grupo participou da comemoração de 59 anos da empresa que realiza projetos de responsabilidade social voltados para a sustentabilidade, como a troca de garrafas pet vazias para reciclagem, por produtos da empresa.

maraja
Grupo pernambucano participou do aniversário da Marajá

O vice-presidente Fiepe e presidente do Contema, Anísio Coelho, destacou que o grupo está em busca de novas informações e que os modelos apresentados levam Mato Grosso para a vanguarda, se tornando referência em produção sustentável. “Estamos surpresos pelas iniciativas que conhecemos nesses dias que estivemos em Cuiabá. A indústria mato-grossense está no caminho certo para vencer o mercado competitivo. Sustentabilidade não é moda é exigência desse mercado”, pontuou.

No último dia de visita, a comitiva esteve na sede da Fiemt para conhecer as ações realizadas pela federação, como o Sócio Indústria, o Observatório da Indústria, o Núcleo ESG. Também foi apresentado o trabalho realizado pelo Instituto Ação Verde – que desenvolve projetos e plataformas para o desenvolvimento sustentável de Mato Grosso.

O superintendente da Fiemt, Mauro Santos, deu as boas-vindas para o grupo e aproveitou para destacar as potencialidades de Mato Grosso, como a geração de energia elétrica limpa. “Cuiabá é a capital que mais gera energia elétrica fotovoltaica. Além de energia, produzimos o combustível etanol de cana-de-açúcar e de milho que também é um modelo sustentável. Temos potencial para promover essa troca de experiências”, disse.  

Para o vice-presidente da Fiemt, Claudio Ottaiano, estreitar relacionamentos e promover essa interação com outros estados tras benefícios para a economia nacional. “Receber essa comitiva também traz bons resultados paras as indústrias do estado. Sabemos que a indústria pernambucana é pujante, é grande e é bem antiga e a visita deles promove a troca de experiências”, pontou o vice-presidente da Fiemt e presidente do Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-MT), Claudio Ottaiano. Ele acrescenta que a oportunidade facilita o crescimento sustentável dos negócios. “Podemos conhecer o que vem dando certo também para indústrias pernambucanas”, disse.

Texto: Vívian Lessa | Fiemt

visita
Comitva de Pernambuco estiveram na Plastibrás
visita
Empresários visitaram a empresa Canaã Recicláveis

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555