Podcasts - Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso

Podcasts

Podcasts

Episodios

Total de 20 registro encontrados

Fiemt
Soleniade reuniu autoridades

As celebrações do Mês da Indústria, promovidas pela Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), chegaram ao fim nesta sexta-feira (24) com um evento que reuniu autoridades, empresários e representantes do setor industrial. Durante o encontro, os participantes destacaram a importância da indústria para o desenvolvimento do estado e do país, além de homenagens à Fiemt pelo seu papel fundamental na defesa e representatividade do setor.

Ao longo dos últimos dias, a Fiemt promoveu debates em eventos itinerantes reunindo autoridades e líderes do setor para discutir o futuro da indústria no estado. Os encontros foram realizados nas cidades de Sinop, Rondonópolis, Cáceres e Cuiabá.

O governador Mauro Mendes, que além de empresário industrial já presidiu a Fiemt, destacou que o primeiro salto de crescimento de Mato Grosso foi impulsionado pelo agronegócio. Porém, nos últimos anos, o setor industrial assumiu o protagonismo e criado um novo ciclo de crescimento.

"Mato Grosso é um gigante de oportunidades, especialmente na agroindústria, sobretudo pela nossa produção de soja, que está se tornando biodiesel; e milho, que nos deu o título de maior produtor de etanol desse cereal. Esse é um ciclo virtuoso de crescimento com a agregação de valor na indústria", disse Mendes, destacando o compromisso do estado com a economia de baixo carbono e a preservação ambiental.

Décio Lima, presidente nacional do Sebrae, elogiou a Fiemt como um exemplo de protagonismo na indústria e enfatizou a importância da produção sustentável “o novo momento de neoindustrialização visa agregar valor à riqueza gerada localmente, e Mato Grosso é um modelo a ser seguido por outros estados". Ele também ressaltou o impacto das pequenas empresas, que representam 98% das indústrias no estado, no combate à miséria no Brasil.

O industrial e deputado estadual Carlos Avallone, que tem uma trajetória de mais de 30 anos como vice-presidente da Fiemt, ressaltou o papel da instituição. Ele também destacou os trabalhos realizados pelo Sesi, Senai e IEL. "O Sistema Fiemt é um orgulho para Mato Grosso, e o trabalho de qualificação profissional e parceria com o setor público é essencial para o crescimento industrial", afirma.

Desafios e oportunidades para a indústria

Fiemt
Governador já foi presidente da Fiemt

A senadora Margareth Buzetti enfatizou o papel da indústria como motor da economia e da sociedade, gerando emprego e renda. A parlamentar lembrou a importância da pauta ambiental para garantir um legado sustentável.

“Somos uma potência agrícola, mas precisamos ainda reduzir o custo Brasil para ampliar nossa produção e, ao mesmo tempo, assumir o protagonismo na indústria verde para alimentar o mundo na próxima década”, afirma.

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, mencionou a aprovação da Lei de Responsabilidade Social, inédita e restritiva para evitar dívidas no governo estadual e assim promover o crescimento do setor a longo prazo. Botelho destacou a concessão da ferrovia como uma iniciativa pioneira e a importância da indústria na geração de emprego na Baixada Cuiabana. "Temos energia, mão de obra, insumos e um mercado consumidor próximo, como Pará, Amazonas e Bolívia. Oportunidades para nosso crescimento não faltam, enfatiza.

Conforme o presidente da Fiemt, Silvio Rangel, que esteve em todas os eventos celebrativos do Mês da Indústria no interior e na capital, o setor está diante de inúmeras oportunidades com a verticalização e a agregação de valor à produção, como foco na agroindústria. E com tecnologia, inovação e capacitação de força de trabalho qualificada, a Fiemt atua com as indústrias.

“Os grandes investimentos em logística rodoviária e ferroviária, com a duplicação da BR-163 e Ferrovia Estadual, vão reduzir nossos custos e aumentar a competitividade do setor. A nossa distância geográfica dos grandes centros demanda subsídios ao setor para que precisamos continuar avançando para gerar emprego e renda de forma sustentável”, conclui.

O senador Wellington Fagundes e o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec MT) também participaram da solenidade.

Homenagens


Ainda durante a solenidade, por indicação Fiemt, o empresário agroindustrial José Aparecido dos Santos, mais conhecido como Cidinho, recebeu a comenda ‘Ordem do Mérito Industrial’ 2024, da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e presidente da Fiemt, Silvio Rangel, foi homenageado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso com a medalha José Garcia Neto de Mérito Industrial. A honraria foi concedida pelo deputado Carlos Avalone.

Texto: Eduardo Cardoso
Fotos: Lucas Nunes

 

 

 

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555